All posts by Dan Arrows

Creator of Samurai Boy, an award winning webcomic, Dan is a long time comics and manga lover with a ten-year-long experience in making comics for advertising and education besides the few books he’s drawn. Teacher of visual arts in some of the most prestigious universities in Brazil. Master in Visual Arts – Cinema, at the University of Minas Gerais (UFMG), specialized in film adaptation from comics and a bachelor in Advertising. Besides comic books, Dan loves samurais, romance, cartoons and videogames. And comic books.

Como pedi minha namorada em casamento

Eu sempre disse que, se um dia fosse pedir a Laís em casamento, só haveria uma pessoa para ouvir o pedido: ela.

Contudo, acabei preparando uma ocasião de cinema (literalmente), com plateia e tudo.

No último dia 24 de Julho, um domingo friozinho de inverno (mas, ainda assim, com um solzinho agradável), convidei minha namorada para ir ao cinema. O que ela não imaginava é que o filme seria sobre nós (palavras dela).

Ao final do trailer acima, teve início o filme que rodará até o fim de nossas vidas.  Continue reading Como pedi minha namorada em casamento

O que há de ruim em Batman Vs. Superman [contém spoilers!]

Antes mesmo de dar “bom dia” para a minha amada, já acordei no último dia 24 de março dizendo: “É hoje que vamos assistir ao Batman Vs Superman“! Faziam exatos 31 anos, 9 meses e 15 dias que eu esperava por um momento como esse: o dia em que veria, na mesma tela gigante, os meus dois super-heróis favoritos de todos os tempos. Meus e de uma galera: gerações que, desde o final da década de 30, tem motivos de sobra para sonhar com os deuses que caminham entre nós. Aqueles que foram responsáveis pela gênese de tudo o que amamos hoje em relação ao universo dos quadrinhos. Afinal, mesmo quem nunca leu uma página sequer sabe muito bem quem são Batman e Super-Homem (isso mesmo! Super-HOMEM, porque eu comecei a ler HQ no início da década de 90).

Apesar de ter assistido a alguns trailers (quem me conhece sabe que prefiro evitar isso sempre que possível mas, em tempos de internet, nem sempre rola), consegui chegar ao cinema com uma certa inocência. Eu não estava contaminado pelos trailers ou pelas críticas (positivas ou negativas) precedentes, nem pelos comentários de quem havia assistido na pré-estreia. Na bagagem da cachola, apenas as memórias de anos de HQ e o meu sentimento infante de quem acorda na manhã de natal e está prestes a receber o seu aguardado presente. Sim, a expectativa – mais até do que a ansiedade – era enorme.

Vamos aos fatos: esse filme começou em 2013, com o final do Homem de Aço do Zack Snyder. Embora o primeiro reboot pós-Novos 52 do Super no cinema não tenha sido uma unanimidade foi, sem sombra de dúvidas, um excelente filme. Tem suas falhas, é verdade, mas não suficientes para reduzir seu brilhantismo. Ali, um novo universo Kryptoniano nos foi apresentado; e uma mitologia, recontada. O novo Super-Homem era o mais humano em décadas, com poderes muito menos impressionantes do que a apedrejada empreitada de 2005 do Brian Singer (que também tem lá seus méritos, vai). E é exatamente isso, essa nova humanidade, passível de falhas e imperfeições, que dá o tom inicial que propicia que um herói, a priori, ‘apenas’ humano – o Batman – possa enfrentá-lo com alguma condição de fazer frente ao Homem de Aço. A destruição resultante da batalha entre o Super e a trupe do General Zod no primeiro filme pavimentam o terreno para que nasça a desconfiança em relação ao Homem de Aço, o que nos leva ao blockbuster da vez. Voltemos para 24 de março de 2016.

Continue reading O que há de ruim em Batman Vs. Superman [contém spoilers!]

Oficina de Ilustração Digital – Ampliar 2015

Oficina de ilustração digital ministrada no Uni-BH durante o evento Ampliar.

Falo sobre técnicas diversas de composição e iluminação, materiais e preparação de arquivo.

A oficina termina com um exercício de colorização digital que dispensa o uso de uma mesa digitalizadora.

Você pode ver aqui a apresentação da oficina ou fazer o download.

Continue reading Oficina de Ilustração Digital – Ampliar 2015